• Luiz Gustavo

MP denuncia estudante por estupro e pornografia de vingança contra 12 vítimas

O Ministério Público de Minas Gerais ofereceu denúncia contra um homem suspeito de cometer diversos crimes sexuais entre os anos de 2011 e 2019. David Júnio Narvaez Meirelles cursava arquitetura na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). David Júnio Narvaez Meirelles foi preso em dezembro de 2019, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Conforme as investigações, Meirelles na maioria das vezes usava da violência física para fazer sexo sem o consentimento das vítimas. Alguns depoimentos apontam que, em certas ocasiões, ele poderia ter colocado algum tipo de droga nas bebidas alcoólicas que eram oferecidas às vítimas. Em determinada ocasião, segundo as apurações, ele subtraiu o celular de uma das vítimas na tentativa de forçar um encontro sexual, ameaçando divulgar fotos íntimas que estariam armazenadas no aparelho. Ainda segundo as investigações, algumas das vítimas chegaram a ter algum tipo de relacionamento com ele. Para o MPMG, ao compartilhar e publicar fotos e vídeos das vítimas em redes sociais e sites pornográficos, o suspeito "expôs todas de forma vexatória perante a sociedade". Quando das publicações e compartilhamentos, ele chegou a fazer legendas com os nomes das mulheres e até mesmo divulgar o número de telefone e os endereços de contas de redes sociais de algumas delas.

6 visualizações0 comentário