top of page
  • Luiz Gustavo

Golpistas fingem ser da equipe do Whatsapp para aplicar golpes

Segundo informações do WaBetaInfo, site especializado em acompanhar testes e antecipar novidades da plataforma, golpistas usam uma foto de perfil com o logo do WhatsApp com um símbolo que simula a autenticação da conta — que é falsa.


Durante a tentativa de fraude, os criminosos podem solicitar detalhes de cartão de crédito da vítima e a induz a fornecer códigos de segurança de acesso e/ou senha de seis dígitos da verificação de duas etapas —camada extra de segurança para acessar a conta do WhatsApp por um novo dispositivo. O objetivo geralmente é roubar o perfil da pessoa.


Como o argumento é que o contato faz parte do suporte da empresa, algumas pessoas podem acreditar e fornecerem dados por confiarem na lábia dos bandidos.


Preste atenção na imagem de perfil caso uma conta de número desconhecido entrar em contato com você. A oficial do WhatsApp tem um detalhe importante: o selo de autenticidade que fica ao lado do nome da conta — e não embutido na imagem.



Imagem:Uol Tilt/ Wabetainfo


Além disso, trata-se de um perfil comercial (Business). Logo, contém informações originais do suporte na descrição. Outra dica importante é que o WhatsApp nunca solicita detalhes pessoais desse tipo e nem pede dinheiro ou informações confidenciais para evitar o encerramento de contas, reforça o WaBetaInfo.


Então, ao receber uma mensagem suspeita (ou ligação), seja de número estrangeiro ou brasileiro, o indicado é denunciar a conta e bloquear o usuário.


Fonte:Uol Tilt/ WaBetaInfo/ Pixabay (imagem)

3 visualizações0 comentário
bottom of page